Rio de Janeiro faz uso de drones e inteligência artificial (IA) para reflorestar a cidade

mar 28, 2024 | Notícias

A adoção da tecnologia integra o plano para amenizar o impacto das ondas de calor para a população e para agilizar a velocidade do reflorestamento

Introdução da Tecnologia de Drones e Inteligência Artificial

O plano de reflorestamento da cidade do Rio de Janeiro recebeu um importante reforço com a introdução de drones e inteligência artificial. Essa nova tecnologia possibilitará o lançamento de uma quantidade significativa de sementes em uma única operação, cobrindo uma área de até 50 hectares.

Objetivo e Alcance da Inovação

Essa inovação tem como objetivo principal reflorestar áreas de difícil acesso e encostas na cidade. De acordo com a prefeitura, a implementação dessas ações está programada para começar já na próxima semana.

Visitação Inicial e Envolvimento das Autoridades

Recentemente, o prefeito Eduardo Paes e a secretária de Meio Ambiente e Clima, Taina de Paula, visitaram a aplicação inicial desse equipamento no Mirante do Pedrão, localizado em Botafogo, na zona sul do Rio.

Ênfase na Redução do Impacto das Ondas de Calor

Taina de Paula enfatizou que o reflorestamento desempenha um papel crucial em amenizar os impactos das ondas de calor na cidade, destacando a importância de medidas emergenciais, como pontos de hidratação, para atender às necessidades das pessoas que sofrem com as altas temperaturas.

Drones da Gohobby

Inovação com Drones DJI T20p e T40 no Reflorestamento

Entre as ferramentas inovadoras que podem ser utilizadas nessa ação, os drones DJI T20p e T40 se destacam por sua capacidade de realizar a dispersão de sementes em áreas de difícil acesso.

Precisão e Eficiência na Dispersão de Sementes

Equipados com sistemas de dispersão de alta precisão, os drones T20p e T40 podem lançar sementes em áreas montanhosas, com declives acentuados ou cobertas por densa vegetação, onde o acesso terrestre é inviável ou extremamente trabalhoso.

Otimização do Processo de Reflorestamento

Essa tecnologia permite otimizar o processo de reflorestamento, reduzindo custos e tempo de execução.

Versatilidade de Uso

Com capacidade de transportar até 40 kg de sementes, o T40 pode cobrir grandes áreas em um único voo, enquanto o T20p, mais leve e versátil, é ideal para áreas menores e de difícil acesso.

Contribuição para a Preservação Ambiental

Essa tecnologia abre caminho para novas iniciativas de reflorestamento em larga escala, contribuindo para a preservação da biodiversidade e a mitigação dos efeitos das mudanças climáticas.

Utilização da Inteligência Artificial para Planejamento Eficiente

Além disso, a inteligência artificial será utilizada para definir um plano de plantio mais eficiente, determinando quais sementes serão plantadas em quais áreas, com quais espécies diferentes e a quantidade necessária para cada espaço. Isso estabelecerá um padrão de plantio mais eficaz e sustentável. Os drones também serão de grande auxílio para os funcionários que realizarão o plantio, facilitando o acesso a áreas remotas e contribuindo para o monitoramento dessas regiões.

O Papel da Tecnologia na Preservação Ambiental

Essa iniciativa destaca como a tecnologia pode desempenhar um papel crucial no apoio a políticas públicas de meio ambiente, possibilitando ações mais eficazes e assertivas para promover o reflorestamento e a preservação ambiental na cidade do Rio de Janeiro

Para mais informações sobre os drones T40 e T20p:

Site: DJI AGRAS T40:https://www.gohobby.com.br/agras-t40/

DJI AGRAS T20P: https://www.gohobby.com.br/agras-t20p/

Video:

T40:https://youtu.be/MXdLU_fYO04?feature=shared

T20p:https://youtu.be/FSH1VShvhPE?feature=shared

Mais sobre:

Marketing Gohobby