Drones se multiplicam nos céus do agro brasileiro: número de aparelhos no campo cresce 375% em dois anos

maio 21, 2024 | Notícias

Drones Tomam Conta do Campo: oferecendo eficiência, precisão e sustentabilidade ao agronegócio

Drones agrícolas conquistam o Brasil: Em apenas dois anos, a quantidade de drones operando nos campos brasileiros multiplicou-se impressionantes 375%, segundo dados oficiais do Sistema de Aeronaves Não-Tripuladas (Sisant). Essa explosão de crescimento demonstra a rápida adoção dessa tecnologia inovadora pelo agronegócio brasileiro, impulsionada por diversos fatores:

Como a eficiência é imbatível, os drones oferecem maior agilidade e precisão na aplicação de insumos agrícolas, como fertilizantes e agrotóxicos, em comparação com métodos tradicionais como tratores. Essa precisão significa menos desperdício de produtos, otimizando custos e reduzindo o impacto ambiental. Mesmo com terrenos desafiadores, os Drones brilham em áreas de difícil acesso, como terrenos inclinados ou com obstáculos, onde os tratores podem ter dificuldades. Essa versatilidade garante que cada canto da plantação receba os cuidados necessários.

Com a simplicidade na pilotagem operar um drone agrícola é relativamente fácil, exigindo apenas treinamentos simples de aprender. Isso facilita a implementação da tecnologia em propriedades de todos os portes.

Mas atenção, especialização é fundamental! Apesar da simplicidade na pilotagem, o conhecimento agronômico para aplicação correta dos insumos é crucial. É essencial que os operadores de drones agrícolas possuam a devida formação e licença para garantir a segurança, eficiência e o cumprimento das normas.

Por ser um mercado em ascensão, a demanda por drones agrícolas no Brasil ainda está longe de ser saturada. Especialistas preveem que o país tem potencial para uma frota de até 50 mil drones nos próximos anos, abrindo um leque de oportunidades para empresas e profissionais do setor.

Prezando por responsabilidade e segurança, a aplicação de agrotóxicos por drones segue normas rigorosas no Brasil. Somente engenheiros agrônomos ou florestais podem ser responsáveis pela aplicação, e empresas que prestam serviços com drones exigem que os pilotos possuam formação específica, como o Curso para Aplicação Aeroagrícola Remota (CAAR).

Simbolizando o futuro da agricultura, o uso de drones agrícolas no Brasil representa um passo importante para a modernização e sustentabilidade do agronegócio. Essa tecnologia oferece maior eficiência, precisão e segurança nas operações agrícolas, além de reduzir o impacto ambiental e abrir caminho para inovações futuras.

O futuro se faz presente nos dias de hoje, com todo o esforço da Gohobby e os produtos de qualidade DJI, o Brasil pode se considerar um país bem encaminhado nesse segmento, os drones DJI representam mais de 80% de vendas mundialmente liderando o mercado, isso tudo muito por conta de drones agrícolas de sucesso como o Agras T40 e o T20P dois drones de qualidade sem igual, recentemente seus sucessores chegaram para melhorar essa experiência que já era incrível, os novos DJI Agras T50 e T25P, essa geração promete melhorar alguns quesitos em relação a geração passada.

Se você se interessou por algum desses drones agrícolas e quer essa tecnologia para facilitar seu trabalho para uma maior economia, então não perca tempo e entre em nosso site e veja o catálogo ou entre em contato com nossa equipe comercial e fale com um de nossos representantes.

Redes sociais da Gohobby:

LinkedIn

Youtube 

Instagram

 

Mais sobre:

Lais Nogueira